Skip to content

Salmo 23

By | Published | Nenhum comentário

Salmo 23

 

SALMO 23

O salmo 23 é um dos versículos mais lindos da Bíblia. Quem escreveu esse Salmo foi o Rei Davi há cerca de 3.000 anos atrás quando ainda era um jovem pastor.

Responsável por cuidar das ovelhas de seu pai, Davi escreve como uma ovelha pensaria estando sob os cuidados de seu pastor. Além do Salmo 23, Davi também escreveu outro Salmo muito lido e compartilhado pelos amantes da Bíblia, o Salmo 91

Porém é difícil encontrar alguém que não conheça o primeiro versículo do salmo 23 até porque o salmo 23 católico é idêntico ao evangélico: O Senhor é meu pastor, nada me faltará.

salmo 23 b

SALMO 23 COMPLETO

1. O Senhor é o meu pastor, nada me faltará.

2. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas.

3. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.

4. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque Tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.

5. Preparas uma mesa perante a mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.

6. Certamente que a bondade e a misericórdia divina me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias.

 

Vídeo do Salmo 23

 

Veja também o Salmo 91

Como interpretar o salmo 23

O Salmo 23 nos traz várias lições e eu selecionei aqui pelo menos 4 que eu tenho como muito importante para nós.

Sem dúvidas, esta é uma das passagens bíblicas mais lindas  que eu faço questão de ter como minha favorita. Sempre leio e releio vários capítulos da bíblia, porém o livro de Salmos sempre me encoraja porque particularmente é nesses versículos que eu encontro Deus

É nestes versículos onde eu encontro Deus sendo o nosso pastor. Aqui eu vejo e entendo todas as maravilhas que ele fez e faz por nós que somos as suas pequenas e teimosas ovelhas.

Quando eu estou preocupado, eu leio o livro de Salmos, especificamente o capítulo 23. Quando me sinto perdido este capítulo me faz entender que Deus é quem está no comando, acima de tudo e é ele quem cuida de nós

Às vezes eu me lembro da imagem de um pastor rodeado por dezenas de ovelhas de vários tamanhos e de várias formas e o que mais me chama  a atenção porém é o cordeirinho que ele carrega em seus braços.

Quando eu olho para esta cena, eu logo me identifico com esse cordeirinho e penso, este cordeirinho sou eu,  pois eu sou o mais fraco do rebanho mas Deus me carrega sempre em seus braços.  Não há nada com o que eu devo me preocupar

A primeira lição que eu tiro desse Salmo é que eu tenho que descansar no Senhor e não me preocupar

A preocupação tem sido uma coisa normal no nosso dia a dia e muitas vezes nos tornamos escravos dela e isso até certo ponto é prejudicial. Devemos sempre procurar nos concentrarmos mais naquilo em que nós podemos fazer no nosso dia a dia, naquilo que nossas forças são suficientes.

Se olhamos para o versículo 2 do Capítulo 23 de Salmos, nós vamos aprender que Deus é o pastor que cuida de nós e nós somos as suas ovelhas, é ele quem nos ajuda a descansar e não nos preocuparmos.

O que devemos saber é que esse bom pastor sempre irá prover abrigo, alimentos e guaridas. É ele, o nosso Pastor, quem nos livra e não nos deixa sermos arrebatados pelos nossos “predadores”

As ovelhas, assim como muitos outros animais, são animais que se assustam com muita facilidade, é exatamente  por isso que essas ovelhas nos representam.

Muitos de nós às vezes temos medo e ficamos assustados com tudo que nós ouvimos e vemos. Embora pareça difícil, devemos procurar ficar despreocupados e nos lembrarmos que Deus, o nosso pastor, é quem cuida de nós e ele mesmo quem nos  promete que nada vai nos faltar.

Diante desta promessa nós podemos e devemos descansar as nossas mentes e corações e confiamos nele

 

Veja também Conteúdo dos 66 livros da Bíblia

A segunda coisa que eu aprendo com este Salmo é que Deus nos faz deitar em pastos verdejantes

As ovelhas se assustam com muita facilidade e nessa situação, elas não conseguem fazer nada além de tentar se esconder com medo e pavor.

Quando as ovelhas estão nesse estado de terror e medo, elas passam  a acreditar que até mesmo o seu curral é um lugar perigoso e a partir daí procuram não entrar mais nela.

Neste momento, o Pastor que conhece e sabe cuidar de suas ovelhas faz  com que as ovelhas se acalmem e ao invés de empurrá-las para o curral as traz para ele. As ovelhas que conhecem e sabem quem é o seu Pastor, achegam até ele pois sabem que ao seu lado estarão guardadas e seguras.

Deus age conosco da mesma forma, como um pastor amoroso, ele arranca de nós todo o  medo com a sua forma gentil e amorosa de ser, mesmo nós não merecendo esse amor

Deitar em pastos verdejantes é sinal de vida. Deus quer que estejamos vivos, bem alimentados, seguros e em paz.

A terceira lição que eu aprendo com esse Salmo é que Ele nos conduz

Deus sempre nos mostrará o caminho,  ele sempre vai nos dar instruções de como prosseguir. Ele vai nos fazer ouvir e  nos mostrará que perto dele podemos descansar.

Estando perto Dele, começamos descansar nossos corações, pois a partir de agora estaremos sintonizados com ele e com o que ele deseja que nós façamos. Tudo que precisamos fazer é seguir os seus conselhos.

Ele é o nosso Pastor e nós conhecemos a sua voz, conhecendo quem fala conosco tranquilizamos nossos corações pois sabemos quem ele é e quem nos conduz.

A quarta lição que eu aprendo com esse Salmo é que Ele nos leva às águas tranquilas

Algumas pessoas dizem que as ovelhas podem  beber água  em qualquer lugar, porém elas preferem tomar água em lugares calmos, com razão, em lugares onde as águas são mais movimentadas fica muito mais difícil tomar além de ser mais perigoso

Deus o nosso Sumo Pastor, também nos conduz por caminhos seguros, longe do perigo onde exige menos esforços para que possamos ser verdadeiramente renovados

Deus quer que nós descansemos nossos corações nele e no seu amor. É ele quem nos levará aos lugares de descanso mesmo em meio a todas dificuldades do nosso dia dia

Foi o próprio Deus que sacrificou o seu proprio filho por amor de nós.

Como Davi se encontrava quando escreveu o salmo 23

Não podemos determinar com exatidão a ocasião exata onde esse Salmo foi escrito. Para muitos estudiosos, o Salmo 23 foi escrito quando Davi era apenas um pequeno menino pastor que cuidava de suas ovelhas.

Porém há evidências de que isso não seja verdade. No versículo 5 do capítulo 23 do livro de Salmos, nós podemos observar que  Davi tinha idade suficiente para ter inimigos

Podemos observar no versículo 4  que Davi enfrentava perigos de morte, lá no versículo 3 Davi estava experimentando um momento de descanso enquanto que no versículo 5 ele experimentava um momento de prosperidade

Todas essas coisas nos mostram as atitudes de uma pessoa mais velha ou pelo menos a de alguém que atingiu a maturidade ou a idade adulta

Davi estava em grandes lutas

Concluo então que o Salmo 23 foi escrito quando Davi estava em Maanaim, e provavelmente nesta época Davi estava se perguntando e pensando em como ele e seu filho Absalão prosseguiram durante a guerra civil que havia sido causada pela rebelião de seu próprio filho Absalão

Foi neste cenário em que Davi, de coração partido e sofrendo muito escreveu estas lindas e belas palavras

“O senhor é o meu Pastor ; Nada me faltará ”

Existem algumas coisas importantes que vale muito a pena ser notado neste belo e lindo Salmo, observe por exemplo o versículo 2 que diz:

“Ele me faz deitar em pastos verdejantes ”

Como Pastor, ele faz com que  seus  cordeirinhos deitem em pastos verdes. Muitas vezes o cordeirinho não ficava no seu redil, às vezes ele ia embora apenas para ser procurado e trazido de volta pelo pastor. Quando o pastor o trazia ele ficava ali por um tempo e iria embora novamente

Finalmente, para o próprio bem do cordeiro o pastor então quebrava sua perna  delicadamente, forçando o cordeiro a se deitar sobre o pasto. Desta forma o cordeiro não iria mais embora e não se perderia mais, ele ficaria sempre ao lado de seu pastor

Nós somos as ovelhas

Quantas vezes Deus precisa nos fazer ver a mesma coisa?  Deus quer que estejamos definitivamente ao seu lado e nós sempre nos desgarramos

Por outro lado, Ele implora para que voltemos porém, nós sempre desviamos de um lado a outro e novamente vamos embora

Para nos manter perto dele ele então precisa quebrar as nossas pernas ou  em outras palavras, fazer com que alguma tristeza ou dor de cabeça venha sobre nós

Mas o que exatamente ele está fazendo? Ora, ele está nos fazendo deitar em pastos verdejantes

Observe a palavra escrita no versículo “ tua vara e o teu cajado me consola ”. A vara do pastor tinha em suas pontas um garfo que era usado para colocar no pescoço da serpente a fim de proteger o cordeiro dos répteis.

Essa mesma vara é usada tanto para proteção e conforto como também para correção. Sim queridos, Deus tem uma vara e ela é a palavra de Deus. A Palavra de Deus é conforto mas também é corretivo e é exatamente o que diz a Bíblia, lá podemos ler que a palavra é uma espada de dois gumes

 

Oseias Alves

 

 

 

 

 

 

Oseias Alves

Oseias Alves

Oseias Alves

salmo 23 b

 

Estudante da Bíblia, acredito que todos nós evangélicos podemos aliar os estudos ao entretenimento. Podemos aprender mais e melhor com brincadeiras e dinâmicas bíblicas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.