Filme da portas dos fundos deve ser suspenso

O Filme da portas dos fundos intitulado “especial de natal” deve ser retirado do ar pela Netflix por determinação do desembargador Benedicto Abicair, da 6ª Câmara Cível.

O filme da portas dos fundos esta na plataforma de streaming desde dezembro de 2019 e desde de então vem recebendo uma enxurrada de críticas do público evangélico e católicos que viram no filma uma forma de ofensa a religião cristã.

A decisão do desembargador tem caráter liminar e a pedido da Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura.

Parte da imprensa e fãs do canal alegam censura e pedem que a liminar seja derrubado.

Confesso que não assisti o filme na Netflix, porém acompanhei a repercussão nas redes sociais e na minha opinião o que vejo é muito barulho por pouco. Falo isso porque nós evangélicos temos algo muito valioso que é o livre arbítrio, sendo assim podemos escolher o que assistir e o que não assistir.

Sabemos que o mundo tenta nos ridicularizar e não é de hoje, veja, porque muitos não pedem o cancelamento de novelas da rede Globo que também ridicularizam os evangélicos e nossa religião? Porque muitos “evangélicos” estrelinhas de certa forma gostam de aparecer por lá?

Quantas vezes você viu cantores evangélicos em programas desta emissora que não faz outra coisa a não ser plantar discórdia na família?

Devemos defender a nossa fé? É claro que sim, porém eu penso que os evangélicos devem protestar cancelando e não assistindo essas emissoras e a esse filme.

Partir para a justiça pedindo a suspensão ou o cancelamento do filme da portas dos fundos pode abrir um precedente para outras atitudes que no final pode ser usado contra os próprios evangélicos.

Não é de hoje que muitos querem encontrar uma forma de calar os evangélicos e se a justiça interfere de um lado pode também interferir de outro.

Veja, é só a minha opinião. Mas qual é a sua? o que você pensa sobre isso? Deixe a sua opinião . ( com argumentos válidos )

 

Veja Também:

10 filmes evangélicos na Netflix que você precisa assistir!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.