Ganhar dinheiro com PicPay pode parecer uma boa opção, ainda mais nesta crise, mas cuidado, usuários do PicPay estão usando o app para aplicar golpes.

 

Ganhar dinheiro com PicPayO PicPay é um app para pagamentos móveis que oferece R$ 10 de bônus para novos usuários, porém este app virou um festival de tentativas de golpes por pessoas se passando por marcas famosas

Concorrer com os grandes bancos e as fintechs mais badaladas não é fácil. Para conquistar novos usuários, o PicPay, startup financeira brasileira fundada em 2012, cede um crédito aos que se cadastram mediante convite de quem já usa seus serviços.

Nos últimos dias, porém, alguns usuários começaram a se aproveitar dessa oferta de crédito fácil para manipular o sistema e, se passando por marcas famosas, inclusive bancos, ludibriar outras pessoas em esquemas questionáveis e que, em alguns casos, lembra o das pirâmides.

 

O esquema para aplicar o golpe usando o app PicPay funciona assim:

a) Um usuário qualquer com nome de alguma marca famosa, como Adidas, Itaú e Nubank, entre outras, segue centenas de usuários comuns e divulga que está devolvendo em dobro valores que receber. Além de uma carteira digital, o PicPay também funciona como uma espécie de rede social baseada nos gastos, com curtidas e comentários, o que viabiliza tal estratégia.

b) Para algumas vítimas, o dinheiro é de fato devolvido em dobro.

c) A maioria, porém, ficará no prejuízo: jamais recebe de volta nem o valor pago à “marca” muito menos o dobro dele. É um subterfúgio comum em golpes do tipo: o fraudador cumpre a promessa surreal para alguns que, contentes com o bom negócio, comentam e dão legitimidade ao esquema a fim de passar confiança a usuários desconfiados.

2 ) Outra forma que alguns usuários têm usado para prejudica o PicPay por exemplo é:

Mandar os convites a terceiros condicionados ao recebimento de parte dos R$ 10 ganhos pelo entrante, numa estrutura que lembra as pirâmides — só que apenas com dinheiro oferecido pelo próprio serviço.

O PicPay publicou alertas em suas redes sociais oficiais de que essa retribuição não é obrigatória (abaixo), mas há casos em que o usuário que convida deixa isso claro e conta com a boa vontade dos amigos para lhe repassar o crédito recebido com o convite.

 

Informações e privacidade no Twitter Ads
A onda de publicações dentro do PicPay começou na última sexta-feira (23/06). No início, os valores pedidos por quem prometia dobrar os pagamentos recebidos eram elevados – muitos pediam R$ 10, ou seja, a totalidade do crédito que o PicPay cede a novos usuários convidados.

Hoje (16/07/2017), muitas ofertas já estão na casa dos centavos, reflexo da saturação meteórica motivada por incontáveis pedidos e perfis tentando replicar o golpe.

Esse crédito inicial de R$ 10 parece ser o principal motivador dos esquemas. Como o usuário não tira o valor a ser investido do próprio bolso, há um incentivo para que ele se arrisque mais.

Afinal, caso não receba o valor enviado em dobro ou parte dos R$ 10 dos seus próprios convidados, ele não terá perdido nada além de um bônus.

De qualquer forma, o dinheiro existe e é bancado pelo próprio PicPay. A empresa foi viabilizada com valores dos próprios fundadores e de investidores anjos, que colocaram ao todo US$ 1 milhão na startup, segundo publicações especializadas. Questionada sobre outras rodadas posteriores, a assessoria do PicPay informou que não revela valores de investimentos.

 

Leia a matéria completa em : Gazeta do povo

 

Veja Também:

Intimação por WhatsApp. Veja como vai funcionar.

Pastor confessa que tem o número de telefone de Deus.

13 Perguntas e respostas sobre o spinner que todos pais devem saber.

53 Mensagens de Aniversário para compartilhar

Comentem e Compartilhem

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *