Ao querido Pastor.

desviado2Pastor, Irmãos e irmãs. Não há muito que vocês possam nos dizer que nós ainda não tenhamos aprendido em sala de aula em alguns de nossos encontros de Escola Bíblica Dominical. Sim amados, nós conhecemos as histórias da

Bíblia. Ouvimos mais e mais vezes, ano após ano, até que se tornaram parte do nosso sangue, parte de nossos ossos.

Irmãos nós ouvimos mil pregações. Nós recitamos as Escritura nos cultos de quarta-feira à noite e ganhamos pequenas jóias brilhantes em nossas coroas de plástico. Sim, nós sabemos quais são as “respostas certas”. Sabemos sobre os Dez Mandamentos e sobre os Frutos do Espírito. Sabemos por que aprendemos como levar alguém a Cristo com cinco versos da Bíblia em três minutos de testemunho.

Eu era assim, eu saí tranquilamente aos 14 anos feliz e me juntei ao clube de teatro da igreja, ali me senti mais do que parte da família deste grupo de jovens que eu nem ao menos avia conhecido antes. Aos 17 anos saímos num acesso de raiva entrando igreja adentro com sede de estarmos ali. Saímos somente as 19h00min quando cedeu à paixão e logo depois de uma dúzia de pregações bem-intencionados onde pregadores cristãos nos diziam que devíamos valorizar nossa virgindade, pois isso seria o nosso valor.

Ficamos neste caminho por muito tempo amados. Cantamos no grupo de louvor e vocês nos disseram que iríamos mudar o mundo para Jesus. Depois fomos para a faculdade cristã onde as pessoas olharam para nós como se olhassem para um ser estranho e então ousaram provar nossa fé. Resistimos veemente mesmo com represálias

Porem fomos ficando no meio do caminho, como alguém esquecido, nossas forças foram sendo sugadas pelas duras chibatadas da vida. Fomos sendo engolidos pelas águas aos olhos de muitos que se dizem atalaias de Cristo.Saímos orar por curas porem elas já não vinham pois nossa fé já não alcançava. Começamos a desaparecer na depressão quando fomos convocados e participamos de um serviço funeral de alguém que por tempos participava do grupo de jovens, alguém muito jovem que acabara de perder a vida. Nossa ultima gota de fé foi enterrado com este jovem. A partir daí então nunca mais pisamos em uma igreja novamente.

Partimos da igreja por uma centena de razões diferentes, nenhum menos importante que o outro. Partimos!

Assim, colocamos nossa fé no povo da igreja e em Deus, pois para nós tudo era a mesma coisa. Porem acreditávamos que vocês que amavam a Deus seriam diferente, Afinal de contas ninguém nunca me disse que os cristãos estavam quebrados também. Foi aí que sentimos a faca-pontada de hipocrisia e isso é uma ferida que arde dia e noite e parece que nunca será totalmente curado.

Então nós nos sentamos e ficamos como alguém com os braços amarrados, passamos a sentir os fracassos e defeitos. Nós passamos os últimos anos concentrados em nossos detectores de besteira, passamos a ser críticos e cautelosos. Sim irmãos, é obvio que sim, estamos conscientes da escuridão a sua e a nossa. O mundo inteiro quebra e morre, atirando-se para o abismo.

Quando passo pelas igrejas com o maior numero de bancos vazios escuto suas pregações perplexas sobre como tantos de nós deixaram a sua Igreja. Você coça a cabeça, escreve livros tentando identificar o problema. Você está se sentindo impotente ao tentar deter a saída em massa de suas ovelhas.

Você olha para o numero de membros da igreja seu cérebro entra em ruínas, tentando descobrir o que você poderia oferecer para nós para nos fazer voltar para casa.

Mas queridos irmão que ainda prevalecem em pé, não se trata de um simples programa. Não, isso não se resolvera através de panfleto que vocês colocam em nossa caixa de correio todos os meses. Fomos criados em uma constante formula de anúncios e comerciais que todos os meses chegam a nossa caixa de mensagem pelo correio tentando nos oferecer algo que eles não tem.

O que nos precisamos amados é que vocês lutem por nós.  Ah irmão, Precisamos ser mais do que um mero número no registro de membros de sua igreja, uma simples estatística.

Precisamos que você cheque onde nó estamos. Pastor, Saia do escritório da igreja e das livrarias cristãs. Sim por favor, desligue a estação de rádio cristã local e ouça-nos.

Às vezes eu acho que isso é tudo o que eu gostaria que o senhor fizesse por mim. Alguém da igreja que sentasse ao meu lado e dissesse: Como vai você Filha?  Você deveria se juntar ao grupo das irmãs. Apenas como vai você! Eu gostaria que tivesse alguém que simplesmente me ouvisse e simplesmente me dissese isso.

Podemos ver que tudo o que fazem são truques, não, nós não estamos querendo ser história de sucesso de alguém. Sabemos que não será uma solução rápida; vocês não podem simplesmente vasculhar um pouco nossa vida, tentando o nosso resgate em meio a esta bagunça em que esta nosso coração e achar que isso esta bom.

Queridos filho de Deus precisamos que vocês sentem com a gente na nossa época de loucura durante o tempo que for preciso. Precisamos ouvir as suas histórias – nos explicando as partes duras. Precisamos de você para nos dizer sobre a dor  sem pular à frente e indo para o final feliz.

Talvez assim pastor irmãos e irmãs, possamos enfrentar nossas trevas. Sim se vocês forem honestos sobre isso.

Irmãos, estamos cansados amargurados e profundamente quebrados. Podemos ver através de tudo… Exceto talvez o amor

 

Amados para o nosso resgate não será preciso fazer um avivamento. Precisamos que vocês meçam seu sucesso não em resultados, mas na fidelidade. Em copos de café e telefonemas noturnos.

Nós que estamos desgarrados precisamos de cada um de vocês. Precisamos de vocês valentes que não tenham medo de enfrentar face a face nossa raiva, pois estamos em meio à amargura. Precisamos de vocês todos os dias. Nós precisamos de você aqui irmão irmãs pastor, não lá dentro de quatro paredes.

Pastor irmão e irmãs, estamos cansados, estamos com frio, estamos à procura de uma razão para vir para casa. Seja nosso motivo hoje.

Pelo amor de nossas almas, acenda uma luz em meio a nossa escuridão. Responda ao nosso grito de socorro, e ande com a gente, nos guie de volta para casa.

Por favor, nos faça Lembrar que Jesus é semelhante e que esta com os braços abertos e os olhos cheios de amor. Ajude-nos a vê-lo ali, sentado com a gente na raiva e nos esperando.

Irmão ajude-nos a amar. Junte-se a nós e não virem seu rosto, Se vocês nos ajudar com certeza encontraremos nossos caminhos de volta para casa.

 

 

Compartilhem

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *